Sono

0
48

1- O que pode causar distúrbios no nosso sono neste momento de quarentena?

R: Neste momento de quarentena nossa rotina foi severamente avariada, por estamos fora do ritmo diário normal, isso obviamente irá comprometer a homeostase do organismo. O sono além de uma necessidade vital, é considerado um processo biológico complexo que se alterna com os períodos de vigília. O ciclo circadiano é o ritmo de distribuirá as atividades biológicas cíclicas de aproximadamente 24 horas, como ocorre com o ciclo sono-vigília. Esse ritmo é controlado pelo sistema nervoso central e sofre a influência de fatores ambientais (luz, temperatura) e sociais (higiene do sono).  Estamos sendo afetados negativamente em todas essas circunstâncias ambientais e sociais. Gerando emoções negativas, como depressão e ansiedade, síndrome de pânico, diante de tantas incertas, isso fatalmente irá causar insônia e suas consequências.


2- Quais são as suas dicas para quem não consegue dormir cedo e regular o sono?

R: O sono regula muito de nossas funções, através do sono obtemos efeitos regenerativos que contribuem para o bom funcionamento do cérebro quando estamos acordados.  As frequentes interrupções do sono, ou insônia afetam níveis de transmissores e hormônios do estresse, o que pode prejudicar o pensamento e a regulação emocional. Para dormir bem:

1- Rotina na hora de dormir e hora de acordar,

2- Atividade física durante o dia, no mínimo 03 vezes na semana,

3- Alimentação balanceada,

4- Controle do peso e cuidado com o sistema respiratório,

5- Prepare-se para dormi- higiene do sono,

6- Evite levar para o quarto aparelhos eletrônicos ou mesmo  TV, desligue-se do mundo,

7- Pratique meditação, limpe a mente antes de dormir, se esvaziando dos problemas,

8- Evite alimentos estimulantes antes de deitar (café, bebidas alcoólicas, etc),

9- Deixe o ambiente escuro, a melatonina necessita da ausência de luz para ser liberada,

10- Considere a possibilidade de buscar ajuda profissional, um Psicólogo poderá ajuda-lo.


3- E para quem acorda no meio da noite e não consegue dormir mais?

R: Com certeza é muito frustrante e relativamente comum, depois de um dia inteiro de atividades com carga mental ou física desgastante, a pessoa continuar extremamente “ligada”, não conseguido ter uma noite de sono compensadora, que possa repor a energia e refazer-se para o dia seguinte. Geralmente o nível de ansiedade está alto, ainda que não se perceba estressa a tensão acumulada pode ser a explicação para a interrupções do sono.

O ideal é ver o que está causando o desconforto, se for físico, pode estar relacionado a necessidade de trocar o colchão, ou trocar a posição da cama, ou ainda lençóis e travesseiros, ou em redutor de ruídos. Mas se isto, já foi feito sem nenhum resultado positivo. Cuide de seu “inconsciente”.

Há necessidade de ouvir a voz do seu inconsciente em outro cômodo da casa, caso contrário, seu cérebro pode associar a cama com o “estar desperto”.

Sugiro, pegar caneta e papel e dar voz ao conteúdo latente de seu interior, tornando-o manifesto, através de palavras escritas.

Assim seu cérebro, lhe deixará informada de tudo o que lhe aflige, garantido que o alerta foi dado. Podendo então descansar, tendo uma boa e reparadora noite de sono. Amanhã você resolverá a lista de problemas pela hierarquia da urgência.

Lembre-se ainda que se você tem algum problema de apneia do sono, síndrome das pernas inquietas ou algum distúrbio orgânico, procure por um profissional da área de saúde, para tudo há tratamento e melhora!


4-Quais práticas podem ajudar a melhorar o sono neste momento?

R: Neste momento, tão peculiar, inusitado, que melhor pode contribuir para uma noite de sonos tranquila, é você se dar a devida atenção, descobrindo através do autoconhecimento quais aspectos psicossomáticos (mente e corpo), lhe retiram a paz e o equilíbrio físico e mental. A ponto de você não conseguir realizar uma das tarefas mais saudáveis, necessárias e prazerosas: O sono.

A qualidade do sono está intimamente ligada a saúde emocional, mantenha-se saudável emocionalmente e fisicamente.

A manutenção da rotina dentro do ritmo circadiano, a boa alimentação, a atividade física, a meditação, a busca por psicoterapia, tornarão sua vida mais saudável dentro da integralidade do ser.

O sono coloca nosso cérebro em padrão neural, consolida memórias, filtra metabólicos, promove uma “psicoprofilaxia” mantém o equilíbrio do sistema imunológico, endócrino, neurológico e de tantas outras funções, inclusive para o controle do peso. O sono é aliado contra a obesidade.

No aumento da ansiedade ou depressão, busque por ajuda, pois isso irá comprometer seu sono e sua saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui