Traços de caráter, a solução da sua equação existencial

0
465

Seu corpo guarda a explicação do funcionamento de sua mente. A sua constituição física, e suas características externas, explicam o funcionamento de sua mente. Em 1933, Wilhelm Reich publicou pela primeira vez os resultados de seus trabalhos e pesquisas dentro da psicanálise, no livro denominado “Análise do Caráter”. Os conceitos desenvolvidos por Reich serviram de base para a análise bioenergética – uma técnica que utiliza a experiência ao nível físico e através da qual se pode mostrar como a dinâmica da estrutura corporal revela a mesma estrutura de caráter.

Os padrões de postura e atitudes corporais, são previamente esculpidos pelo sistema nervoso, e correspondem a imagens, de quem a pessoa é; e de como o seu corpo se parece. Portanto, aquilo que o indivíduo acredita que ele é, torna-se uma imagem retida no sistema nervoso e que mais tarde se expressará, no corpo, através da ação.

O corpo se organiza em torno de tais expressões – 05 traços de caráter – que são exatamente os papéis que o indivíduo aprende a assumir desde criança e permanecem, em sua maior parte, na vida adulta.

Em suma, a técnica psicanalítica realizada por Reich, constitui a ponte que conduz da psicanálise para a compreensão analítica da tensão muscular; e dos bloqueios energéticos. Portanto, a psicologia e a biologia se encontram no estudo dos 05 traços de caráter.

O caráter é definido, como a direção habitualmente tomada pelos impulsos voluntários de uma pessoa. Qualquer que seja o modo como o caráter é definido, ele é a atitude básica com a qual o indivíduo confronta a vida, seja na sessão analítica, seja no mundo exterior. O ponto principal a respeito do caráter é o fato de ele representar um padrão típico de comportamento ou uma direção habitual. É um modo de responder que está estabelecido, congelado ou estruturado. Isto se dá a partir da mielinização da medula – sistema nervoso, resultando os traços de caráter, que definem o formato do corpo. O corpo estabelece o espaço interno, ao mesmo tempo que funciona como elemento de comunicação com o espaço externo. É limite do indivíduo e fronteira do meio.

O corpo revela em todas as suas manifestações: através da postura, gestos, tônus muscular, atitudes de interação, domínio do seu espaço, fala. A organização do esquema corporal se faz, portanto, em torno de padrões estabelecidos desde as primeiras experiências pessoais na infância, formando o caráter do indivíduo, explicitando simbolicamente sua existência.

OS CINCO TRAÇOS DE CARÁTER SÃO:

Esquizóide  –  oral –  Masoquista –  Rígido –  Psicopático

CARACTERÍSITICAS FÍSICAS DE CADA TIPO:

• Esquizóide formação do nascimento a 01 ano:  Cabeça ligeiramente inclinada, fora da linha central de fluxo energético do corpo;  corpo duro;  imobilidade da escápula;  imobilidade pélvica; pés fracos, especialmente o arco metatársico; articulações duras; divisão do corpo em duas metades, superior e inferior, a partir do diafragma;  impressão geral de desengonçado.

São pessoas magras, longilíneas, com a energia do corpo centrada na cabeça, racionalizam sentimentos, optam na dor pelo isolamento, exigem respeito pelo seu jeito racional de ser, necessitam de um nível lógico de comunicação, são cerebrais e racionais.

• Oral formação de 02 a 03 anos:  Peso do corpo sobre os calcanhares; costas encurvadas; ombros caídos, cabeça jogada para frente; -peito retraído, pernas e joelhos contraídos e subcarregados; impressão geral de fraco e precisando de apoio.

São pessoas “arredondadas”, que carregam uma falta, um vazio, uma sensação de abandono. Querem sensibilidade e afeto nos contatos. São emotivas, choram fácil, querem um “ouvido” que as escutem para que elas possam falar (sem parar), ou comida por perto, para que possam preencher esse vazio comendo (sem parar).

• Masoquista formação de 02 a 03 anos: Corpo estruturalmente pesado, com forte desenvolvimento muscular; maior tensão nos músculos flexores, curvando o corpo para a frente; -costas arredondadas; pescoço curto e grosso; coxas bastante musculosas; impressão geral de atarracado, carregando um grande peso.

São pessoas de composição quadradas, com aparência forte, atarracadas. Exigem segurança para si. Entendem os outros, com extrema empatia. A ponto de trazer para si o problema e o erro do outro se responsabilizando por tudo. Não dividem nem delegam. Guardam tudo dentro de si.  São desconfiadas, demoram para formar vínculo e partilhar seus problemas. Não aceitam traições.

• Rígida formação de 03 a 04 anos: – Tensão generalizada no corpo; peito inflado; tensão pronunciada nos músculos extensores, inclinando o corpo para trás; nuca e ombros enrijecidos; queixo duro, linhas faciais retas; atitude corporal de estar em alerta; impressão geral de prontidão e agressividade.

Aparentam muita energia, força e disposição física por todo corpo. São belos, com curvas nos lugares certos, com forte capital estético, músculos rígidos. Exigem perfeição de si, do outro e da vida, nada é bom o suficiente para eles. São a figura da exigência e busca da perfeição. Vivem “relações triangulares”, competitivos ao extremo, estão sempre buscando alguém um adversário a altura.

• Psicopático- formação de  04 a 05 anos: O corpo masculino se expande acima do peito e é delgado para baixo;  formato de triângulo, desenvolvimento desproporcional entre a metade superior e a inferior; o corpo feminino tem o quadril, pernas e pélvis muito largos: peito e ombros pequenos;  na metade superior do corpo, o homem é atlético; a mulher, pouco desenvolvida;  impressão geral, no homem, de orgulho, raiva e, às vezes, ameaçador; na mulher, de infantilidade e meninice na parte superior, e de extrema sensualidade abaixo.

Pessoas com formato de corpo triangular, grande em cima e pequenas embaixo, esperam resultados, são articuladoras, a vida para eles é um “balcão de negócios sempre atentas aos lucros e ganhos. São envolventes, sedutoras e manipuladoras.  Estão atentos a barganhas, trocas, compensações.

Nosso corpo carrega informações secretas e preciosas sobre nossa mente, nossa formação é longa, começa no ventre de nossa genitora e segue até os cinco anos, onde todo o sistema nervoso está mielinizado. Trazendo a forma física, para a expressão da mente. Somos quem precisamos ser para viver ávida.

Cada um de nós, traz um traço de caráter (esquizoide, oral, rígido, masoquista, psicopático), dentro desta perspectiva, não viva na dor do seu principal traço, mas aproveite de forma positiva os recursos que ele lhe oferece.

Autoconhecimento é sempre a chave que abre as portas da sua mente, fazendo as pazes entre seu mundo interno e a representação simbólica, no mundo externo – comportamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui